BREAKING

Amazing Cards for You - Click on the image to view

DELICIE-SE COM AS ÚLTIMAS POSTAGENS

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Pés e BDSM

Se há uma parte do corpo que está intimamente relacionada ao BDSM é o pé. Os pés são uma fonte constante de fetiche e simbologias – e o BDSM vive tanto de um quanto de outro.

Para começo, a podolatria é um forte elemento de subjeção e humilhação. Colocar a submissa para beijar, lamber e adorar os pés de seu dono é uma forma de colocá-la em seu lugar. Afinal, o pé é a parte mais baixa do corpo de uma pessoa e, ao idolatrar o pés de seu dono, a sub se posiciona ao seu nível. Por isso se diz que uma escrava deve estar sempre aos pés do dono. É uma forma de demonstrar sua submissão, humildade e dedicação. Além disso, claro, os pés são repletos de terminações nervosas. Ao beijar e lamber os pés do dono, a escrava lhe dá prazer e dar prazer ao dono é a principal função de uma sub.

Por outro lado, há toda uma simbologia relacionada aos pés da própria sub.

Na época do Brasil colônia, uma das simbologias que separavam um escravo de um homem livre era o sapato. Era proibido aos escravos usarem qualquer tipo de sapato. Os pés nus do escravo eram o índice mais visível de sua condição social. Assim, os pés serviam, historicamente para distinguir donos de suas posses.

A mesma simbologia pode ser aplicada às relações BDSM. No meu entendimento, uma submissa nunca deve usar sapatos, sandálias ou algo semelhante. Deve sempre estar com os pés nus, demonstração visual de sua condição de propriedade e não de posse.

Por outro lado, grilhões são objetos que também estão associados à posse. Antigamente, um escravo não tinha escolha. Era acorrentado e tinha que servir a senhores dos quais não gostava. Hoje, as escravas estão acorrentadas por seu amor a seu dono. Elas lhes entregam suas vidas, seu prazer, sua dor, sua dedicação.

Por isso pés acorrentados são tão bonitos. São um símbolo máximo de entrega.



Texto retirado da página Crônicas do Mestre Sade.


sábado, 20 de janeiro de 2018

Que um dia eu escrevi... By Elaine Coletti

Se um dia eu não te ver mais
se um dia você me esquecer
pode ter certeza
que você é um poema
que um dia eu escrevi...
Elaine Coletti


sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Meu templo de amor By Elaine Coletti

Teu corpo 
Teu templo
Carregue para dentro de ti amor
Meu corpo 
Meu templo
Só com amor será tocado
Acredito no amor próprio
Que respeita a si mesmo
Sem usar a carência
Para a ilusão da vida... 
Isso não é vaidade ou arrogância
É respeito por mim
Gratidão pelo milagre da vida
Meu corpo e minha mente
Meu templo de amor
Elaine Coletti


quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Que eu adoro o bem que me faz... By Elaine Coletti

Adoro teu entusiasmo pela vida
Tuas verdades ditas e mal entendidas
Porque a vida é assim
Um tempestuoso movimento
De palavras
De emoções
Adoro o teu sorriso fácil 
Porque eu me acho dentro dele
E me perco nas sensações
De querer dizer o que não posso
Aprendi e aprendo com você
O caminho não é asfaltado
Tem muitas pedras
E sempre encontramos
Pedras preciosas
Que lapidamos com amor
Adoro o seu jeito moleque 
Que não tem medo do escuro
Porque você tem luz própria
Que mesmo zangado
Sorri... Mesmo que ironicamente
E sempre tem um argumento
Seja certo ou errado
Mas é a sua verdade
Ah! Como eu adoro te ouvir
Tua voz acalma minha alma
As horas passam rapidamente
E não tem outro jeito
É só ficar no meu cantinho
A espera da tua volta
Entusiasmado
Acelerado
Com muito para me doar...
Só posso dizer...
Que eu adoro o bem que me faz...
Elaine Coletti



quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Quando juntos estamos... By Elaine Coletti

Como eu gosto de te olhar
Meu menino tão homem
Tão querido e amado
Como eu gosto de te sentir
Brincando com a vida
E construindo futuros
Você minha delicia
Minha realidade
Contada em poesias
Sussurradas em músicas
Como é bom te amar
Mesmo na distância
Te vejo, te sinto, te toco
Você me possui
Num olhar maroto
Teus olhos sorriem
Teus lábios declamam amor
Meu homem tão menino
Que nos meus braços descansa
Quero-te sempre
E para sempre ser tua menina
Você me faz mulher
Faz-me sentir feliz
Em saber que somos inteiros
Quando juntos estamos...
Elaine Coletti




terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Continuo a te querer... By Elaine Coletti

Continuo...
Querendo-te em delícias, desatinos e delírios
Amo-te com a loucura de um momento único
Marco teu corpo com o meu desejo
Sugo teus pudores
Gozo teus prazeres
Sem pensar no depois
Entrego-me...
Como se fosse à única, a última...
A derradeira vez.
Só sei te amar assim
Venha me despir aos poucos...
Venha me sentir em detalhes
Toque-me
Percorra tuas mãos em mim
Me alisando
Me molhando
Me arrepiando a pele
Me fazendo desejos
Como você sempre fez
Sinta a minha quentura 
Meu suor
Meus lábios
O meu corpo nu
Sem pudor...
Sou tua menina
Meu corpo teu prazer
Para sempre... Sempre...
Continuo a te querer...
Elaine Coletti

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Confraria das SUb's Trouxas


Como carinho é fundamental...


O nosso caminho By Elaine Coletti

Cheguei à tua vida como uma brisa vinda do mar
Não te procurava, mas você me achou...
Tínhamos o sorriso no rosto
Com o toque agradável e suave na alma
O tempo parou a brisa nos tocava
Naquele momento doce
Só sentíamos a felicidade e a paz
Esquecemos os medos
As frustações
Naquele momento era só eu e você
E a brisa acariciando delicadamente nossos corpos
Foi lindo, foi intenso
Pela primeira vez sorri sem medo
Te ofereci a minha parte mais bonita
Meu suspiro mais amigo
No ar o perfume da brisa
O teu sorriso me encantando
E nesse encanto nascemos nós
Somos amigos, amantes
Sem pretensão
Sem cobrança
Somos a mais gostosa união
De amor e liberdade
Assim estamos
Assim seguimos
O nosso caminho
Elaine Coletti



domingo, 14 de janeiro de 2018

Uma vida deliciosamente louca... By Elaine Coletti

Permita-me viver a minha loucura...
Essa loucura que não me deixa parada, estagnada...
Não me peça para ser morna... 
Quero sentir o sangue ferver...
Quero ver a vida girar...
E na volta que possa te encontrar
Para contar que a minha loucura
Me fez dançar na chuva
Voar com os pássaros
Fui e voltei no espaço
Encontrei bárbaros, amei, e fui amada
Vivi na inquisição, morri queimada
Mas renasci das cinzas...
Senti na pele o frio da rejeição
Mas senti o calor da paixão...
Como uma roda, fui girando e vivendo
Mesmo com tontura não paro
Adoro essa sensação de embriaguez
Não saio do meu eixo... Do meu centro...
Sou louca sou insana... Mas minha loucura
É que me leva a escrever e descrever
Uma vida deliciosamente louca... 
Elaine Coletti



sábado, 13 de janeiro de 2018

Meu êxtase sem igual By Elaine Coletti

Ah! Meu amor te quero assim
Inteiro em mim
Sedenta de amor
Vou me embriagar de você
Sou essa louca que te deseja
Na gangorra do amor
Subo e desço em você
Vou ao céu do teu desejo
Quero paralisar o tempo
Para que não vá embora
Você me fascina
Com o seu jeito de menino fogoso
Seu toque meu retoque
Refazendo cada caminho 
Que já conhecemos
Minha boca te quer
Tuas mãos me pegam
Me apertam
E o prazer é tão grande
Que perco as forças
Me entrego
A essa vadia paixão
Quero o teu gozo
No meu corpo 
Quero teu corpo
Respingando o meu prazer
Que delicia quando você chega
E me faz perder a insensatez
Virando uma eterna safada
Do teu... Meu êxtase sem igual
Elaine Coletti 


sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

De nossos corpos By Elaine Coletti

 Esparrame sobre mim
Sua essência do amor
Deixe escorrer esse desejo
Lambuzando-me de prazer
Fazendo de mim tua deusa
Possua-me nua na cama dos desejos
Entrelaças entre minhas pernas
As tuas mãos quentes
Quero delirar, gritar o prazer
Que só você me faz sentir
Beije-me toda sou tua
Tua boca me deseja
E meu corpo te chama
Contorcendo de tanta delicia
Quero você no ato
Mais obsceno
Mais safado
Sugado
Mordido
Viro selvagem
Como você gosta
Eu te sinto inteiro
Vibrando
Gozando
Somos assim
Nessa mistura
Não sabemos onde eu começo 
E você termina...
Somos unos no prazer
Que sentimos na entrega
De nossos corpos
Elaine Coletti

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Arco íris depois da tempestade. by Elaine Coletti

Destino!
Destino que prega peça
Destino que trouxe pessoas a minha vida 
Que permitiu que desfrutássemos momentos inesquecíveis
Destino que fez brotar sentimentos
Mostrando a dura realidade
Que me fez menina mulher
Que sabe o que faz
Ou pensa que sabe
Queria poder mudar o destino
Mas ele já esta escrito
Posso somente tentar ajustar...
Meu destino!
Deixou lembranças pelo caminho
E que vou conservar docemente
Se for o destino que fez que durasse pouco
Cada momento bom na minha vida
Porque foi tempo suficiente para admitir
Que foi especial para mim...
Amo a vida!
Amo mesmo que às vezes não tenho motivos para amar
Amo e vou continuar amando
Essa liberdade de expressão
Onde posso mostrar um pouco de mim
E sempre serei o que sou
E posso dizer que mesmo o destino
Pregando suas peças
Eu fui feliz e sou feliz
Destino!
Obrigada por você ter me proporcionado
Momentos de pura emoção...
Eu menina mulher que aprendeu a ver o mundo 
E acordar de uma ilusão...
Com um sorriso no rosto
Transformando as lagrimas
Em arco íris depois da tempestade.
Elaine Coletti


quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Impossível te esquecer... Elaine Coletti

 Procuro qualquer traço seu...
E encontro...
Em três seres, que foram feitos com amor
Cada um com muitos detalhes teu...
É oito anos se passaram
E você muito vivo
São detalhes, cheiros, músicas...
Não queria escrever coisas tristes
Porque você sempre foi alegria
A saudade é intensa
Vejo a vida passar
E imagino você aqui
Vendo seus filhos
Como evoluíram
Suas netas como são lindas
Ah! E eu? 
Nem te falo, porque continuo a mesma
Chorona, romântica, às vezes muito feliz
Outras nem tanto, mas sigo...
Um caminho de paz com tudo que eu presenciei
Partidas doloridas...
A falta que você me faz
A sua voz ainda ecoa me chamando
E cantando para mim...
A sua “Nê” anda mais ou menos
Vou tentando superar
Realizando sonhos...
Outras vezes lutando contra a tristeza
Eu sei tudo é vida, e eu vivi com você
A melhor parte dela
Com você eu cresci
Virei mulher
Mãe e avó
Nosso tempo foi vitorioso
Nosso amor consagrado
Agora me vejo sozinha
Mas não solitária
Porque você sabe
Como eu sou
Adoro estar comigo
Já que você não esta fisicamente
Mas sempre estará dentro de mim
Estará nos nossos filhos e netas
Impossível te esquecer...
Elaine Coletti

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

💝💟💝 Amar é... 💝💟💝


💝💟💝💝💟💝💝💟💝💝💟💝

"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieto e agitado: descobrirei o preço da felicidade! "
(O Pequeno Príncipe)

💝💟💝💝💟💝💝💟💝💝💟💝



Que sinto por ti... By Elaine Coletti

 Nasci na magia do amor
E tudo que há em mim
É a doce magia da fada menina
Mulher fada menina...
No amor, paixão, um vulcão...
Tenho a liberdade de voar
Muita paciência, compaixão
Benevolência e muita paz... 
Tudo cravado no meu coração
Nunca desisto de um sonho
Insisto até realizá-lo... Um por um...
Mas a minha fada menina
Tem as asas delicadas
Como meus sentimentos...
Então cuidado ao tocá-la
Você pode quebrá-la
E a magia acabar...
Perderei toda a fantasia
Da fada menina
Mas se você quiser...
Venha voar comigo
Nas asas da minha fada menina
E descubra dentro de mim
Ruas, labirintos...
E decifre meus enigmas...
Descobrirás segredos
Da minha magia
E o que rege meus sentimentos
E você verá o que me da forças
Para voar, é o imenso amor
Que sinto por ti...
Elaine Coletti

Stay Inside > Dicas, Lançamentos, Estreias, Eventos, Comunicados & Nívers

Resenhas do Blog - Cinéfilas, Literárias, de Série de TV By Pedra Rubra, Heleno Jr & Vanda Fla.

Resenhas Cinéfilas - Filmes Inesquecíveis e Esquecíveis do Cinema By Heleno Jr.

Resenhas literárias - http://www.docesletras.com.br e http://folheandoresenha.wixsite.com

Os Grandes Personagens que marcaram o Cinema, a TV e os HQs

Pop Universe Culture

Romances em 3D By Aline T

I Like and Share By Escritora e Comentarista Stein Rood

Palavras de uma Vida By Escritor e Poeta Alberto Cuddel

Letras Rasgadas By Escritores e Poetas Sírio & Pyxis de Andrade

Poemas, Cards e Reflexões By Escritora e Poetisa M. Irene Cuddel

Amanhecer By Escritora e Poetisa Vera Dal Sasso

Amigos Além Mar - Ítalia - Le sue riflessioni e le carte - fatta Cássia Grasselli

Amigos Além Mar - França - Mon amour pour toi est immense par Manuelj de Oliveira

Painel by KG Kati

Diamante Negro

Alma Nua by Sophia Vargas - Tecendo Amor

Poetisa Elaine Coletti

Cenas & Contos By Luciano Sade

A Arte de Tiago Paixão

Estranha Obsessão by Regiane Ferraz

Sensual Encantos By Lore Gaia

A Arte de Pérola Negra

BDSM SOCIETY para Eruditos & Confraria das Sub's Trouxas - Artigos, Crônicas, Contos

Contando um Conto

Cave Littéraire appartenant à Cris Spezza & Stein Rood

Escritora Nina Reis

Agenda Literária By Escritora e Comentarista Cristiane Spezzaferro

Filmes by Vanda Fla

Seriados by Taís Nazare e Vanda Fla

Animes, Desenhos e Mangás by giza moura e pedra rubra

Não seja um Turista... Seja um Viajante - Travel with Vera Dal Sasso

Infinitely Healthie - Saúde & Bem Estar

Gastronomia Internacional - Chef Alex

Infinitely Fashion

videos

 
Copyright © 2013 Infinitamente Nosso
Design by FBTemplates | BTT